O Prazer de se usar Ervas Frescas

Olá, minha gente linda da cozinha. A partir de hoje, prometo que semanalmente haverá post neste bendito blog. Toda terça feira. Podem me cobrar.

Pra começar, vamos falar de um segredinho da cozinha; algo que torna especial qualquer comidinha sem graça, quase um toque mágico: Ervas Frescas.

Ervas frescas, quando usadas da forma correta, transformam os pratos… são lindas, aromáticas, saudáveis e fáceis de cultivar. Qualquer um que tenha uma janela em casa pode cultivar alguma erva fresca e começar a mudar o nível dos seus pratos.

Mas pra usá-las corretamente e ser feliz nas combinações são necessários alguns cuidadinhos:

O principal deles é conhecer as ervas, saber reconhecer, sentir o aroma, conseguir perceber que erva tem aroma mais pronunciado e que erva é mais fraquinha. Como fazemos isso? Simples…vá à feira ou ao hortifrúti mais próximo, compre várias ervas (não interessa se vai usar tudo…é lição de casa), pegue algumas folhas de cada uma, esprema e cheire…sim, cheire. Você tem um nariz, sabia? E ele é o responsável pelo nosso sentido mais poderoso e pro qual não damos muito valor: o olfato. Cheire as ervas, memorize…sinta qual é mais forte e qual é mais fraca; perceba as nuances dos aromas…algumas mais mentoladas, outras mais ácidas. O que elas lembram? Ao que elas te remetem? Tente imaginar algum alimento que possa combinar com elas individualmente. Nós só vamos saber combiná-las e usá-las corretamente, se as conhecermos bem.

Outro cuidado interessante é o de usá-las sempre muito frescas…nada de congelar ervas; por isso a vantagem de plantá-las.

Um último cuidado, e que pode ser considerado um pequeno segredinho, é saber em que momento do cozimento usar essa erva. Pra isso, você precisa ter em mente que sensação você busca. Se busca um aroma leve, pra enriquecer de maneira sutil um molho ou caldo, utilize essa erva durante o cozimento. Já se a sua intenção são aromas intensos, perfume mesmo; nunca cozinhe essa erva; sempre a utilize logo após desligar o fogo. Desta forma, apenas aquecida, esta erva liberara todos os seus aromas.

Agora é com vocês…bora colocar as panelas no fogo.

Ah! Sim…deixo claro que tudo o que eu escrever aqui tem a ver com a minha experiência e percepção. Estou totalmente aberto e sedento por novas formas. Vocês sabem que não tenho frescura. Vamos trocar ideias…tirar dúvidas. Meu e-mail é falecomochef@sucasagastronomia.com.br.

Sintam-se em casa!

Leo Oliveira

COMENTÁRIOS